Cruzeiros são opção para as belezas brasileiras

O verão chegou e com ele a temporada de cruzeiros. Com uma costa de quase 7,5 mil quilômetros, o país recebe, até abril, sete navios que farão 114 roteiros pelo litoral brasileiro, ofertando 393 mil leitos. Com o objetivo de atrair cada vez mais turistas, as empresas têm oferecido opções de cruzeiros temáticos, que podem ter foco esportivo, religioso, gastronômico, em negócios, musical, para a família ou até literário.

Navios contam com ambientes diversificados e várias opções de lazer

Navios contam com ambientes diversificados e várias opções de lazer

Adepto deste tipo de viagem, o advogado Rener Bilac, 54, conta que já participou de 12 cruzeiros e sabe bem o que os roteiros pelo país apresentam como atrativo. “O que tem de melhor nos cruzeiros pelo Brasil é a animação. Eles tocam muita música, realizam shows nas piscinas e as pessoas estão sempre animadas e dançando”, relata. Para ele, este é o modelo ideal para reunir um grande número de pessoas em um mesmo passeio. “No navio são várias opções de lazer, então cada um pode escolher uma atividade e se encontrar depois. É mais independente”, explica Bilac, que já viajou com uma turma de cem amigos.

O clima de festa é o atrativo de cruzeiros como o “Energia na Véia”, com temática musical e que neste ano terá a participação das bandas de pop/rock RPM e Capital Inicial, durante três dias de viagem. Há opções para a família que incluem equipe especializada para cuidar de crianças, atrações como shows de mágica, videogames, filmes, brincadeiras e esportes.

As oportunidades também se estendem para depois do verão e para os rios, como é o caso do projeto “Navegar é Preciso”, que reúne em maio, pelo Rio Negro (AM), os amantes da literatura. As atividades a bordo vão de peças teatrais e shows a encontros com escritores convidados.

VANTAGEM NO BOLSO – O custo-benefício dos pacotes é outro motivo para o viajante optar por um cruzeiro, de acordo com Marco Ferraz, presidente da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (CLIA ABREMAR). “No pacote, 85% do preço da viagem está incluso. Hospedagem, transporte entre um itinerário e outro, com vários destinos. Não precisa fazer mala, pegar transporte, há todas as refeições e entretenimento. Não estão incluídos os passeios nas paradas, alguns pacotes de bebidas, cassino e compras a bordo. São opções para todos os gostos, bolsos e idades”, explica.

Os itinerários oferecidos pelos sete navios que atuarão no Brasil nesta temporada oferecem opções de três, quatro, sete ou 14 noites. Eles são de quatro armadoras: MSC Cruzeiros, Costa Cruzeiros, Pullmantur Cruzeiros e Norwegian Cruise Lines. Outros 15 cruzeiros farão escala no país durante o verão, com uma movimentação que deve gerar R$ 1,4 bilhão na economia e 21 mil empregos, segundo a previsão da CLIA ABREMAR.

Os roteiros, em geral, saem de Santos (SP) e do Rio de Janeiro (RJ), passando pelo litoral paulista e carioca até Salvador (BA), ou indo em direção ao sul, para Buenos Aires. Este último trajeto ganhou uma novidade este ano: um píer em Camboriú (SC). “Em abril teremos a primeira escala lá. Também estamos buscando novos destinos, como Guarapari (ES), Morro de São Paulo (BA), Florianópolis (SC) e Vitória (ES)”, detalha Ferraz.

Fonte: Mtur