Destinos gay friendly no Brasil

A convite do Ministério do Turismo,editor de blog sobre viagem LGBT traça cenário deste segmento no país


Por Rafael Leick, editor dos blogs Viaja Bi!, sobre viagem LGBT, e Viagem Primata, sobre turismo de experiência


Rafael Leick na Praia do Arpoador no Rio de Janeiro. Crédito: Viaja Bi!

Esta quarta-feira, 17 de maio, é o Dia Internacional de Combate à Homofobia, e eu, Rafael Leick, autor do blog de turismo LGBT Viaja Bi!, fui convidado pelo MTur para olhar para o nosso Brasil com esse foco.

Mas o Brasil é gay friendly? Claro! Como todo país no mundo, temos que melhorar muita coisa, mas tem várias iniciativas interessantes aparecendo, públicas ou privadas.

Recentemente foi criada a Câmara de Comércio LGBT Brasileira (CCLGBTB), que pretende fomentar negócios LGBT no Brasil. E o Ministério do Turismo lançou a cartilha “Dicas para atender bem turistas LGBT“.

Esse mercado conta, ainda, com o olhar atento de duas associações de turismo LGBT. A nacional, ABT LGBT, tem se engajado em pautar o país como destino gay friendly. Enquanto a internacional – IGLTA – representada no Brasil por Clovis Casemiro, colunista do Viaja Bi!  deu destaque ao Brasil na última convenção mundial da organização nos EUA, com uma delegação que incluía agências e representantes da Embratur.

Já em território nacional, São Paulo que tem a maior Parada LGBT do mundo e uma noite bastante agitada, acaba de receber no tradicional bairro da Vila Mariana, a hamburgueria LGBT Castro Burger. Na capital, o Carnaval gayvem ganhando representatividade com os blocos de rua e, no interior, experimentei uma pousada LGBT super aconchegante em Santo Antônio do Pinhal. Inesperado!

Os destinos de praia e natureza também surpreendem. O Rio de Janeiro tem praia de nudismo e trilhas belíssimas, como a do Morro Dois Irmãos. No Sul do Brasil, os LGBT também tem vez com o Gay Surf Brazil, evento organizado por Marta Dalla Chiesa, colunista do Viaja Bi!, na Praia do Rosa, onde é possível curtir roteiros de ecoturismo e vinícolas em casal ou bares gays em Porto Alegre.

Para dançar em harmonia com a natureza, há opções como o Love Fest, festival LGBT que acontece no santuário protegido de Fernando de Noronha, a Hell & Heaven na Bahia ou ainda a San Island Week, que estreia em Morro de São Paulo esse ano com Ivete Sangalo.

Opções não faltam. O Brasil já está no mapa do turismo LGBT mundial e esperamos que esteja cada vez mais presente! 😉

Leia mais sobre o Brasil gay friendly no Viaja Bi!.

Deixe uma resposta