Inscrições para Brasil Braços Abertos terminam este mês

dest_1

O estudante vai precisar apenas de um dispositivo com internet – computador, celular ou tablet – e a vontade de se qualificar para começar os estudos no Brasil Braços Abertos. O curso, oferecido pelo Ministério do Turismo, está com inscrições abertas até o dia 30 deste mês. Ele é online e o aluno não paga nada para ter acesso aos conteúdos relacionados a sustentabilidade, atendimento ao turista, planejamento financeiro ,marketing, inglês, e prevenção de riscos.

São 80 horas/aulas que resultam em um certificado de curso de extensão, emitido pelo MTur, em parceria com o Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ). Até o momento, mais de 17 mil brasileiros se inscreveram na plataforma e têm até o dia 30 de dezembro para concluírem o curso, prazo válido também para quem se inscrever neste mês. Para retirar o certificado, o estudante precisa finalizar o curso e atingir 696 pontos.

“Qualificar o profissional é investir a longo prazo tanto no turismo brasileiro quanto nas carreiras deles. Por isso, é importante concluir o quanto antes os estudos, pois o conhecimento estará mais fresco na memória e a pessoa poderá colocar em prática todos os ensinamentos absorvidos, além, claro, de ampliar o próprio currículo”, ressalta a secretária nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, Teté Bezerra.

O Brasil Braços Abertos foi lançado em abril deste ano e faz parte da política de qualificação profissional da Pasta prevista no Brasil + Turismo, pacote de ações para fortalecer a atividade no país. A oportunidade é para qualquer pessoa que atua no setor turístico e quer se qualificar ainda mais no mercado de trabalho. Mas, aqueles que não trabalham com turismo e desejam iniciar uma carreira, também podem se inscrever no curso. Os módulos são dinâmicos e contam com videoaulas e jogos.

Gestores municipais podem acessar a plataforma pela página brasilbracosabertos.turismo.gov.br/municipio e firmar o Termo de Compromisso. Dessa forma, eles apoiam a iniciativa, incentivam os alunos a concluírem o curso e se comprometem com a disponibilização de estrutura necessária para que alunos sem acesso à internet possam ser beneficiados com o curso.

Fonte: Mtur

Deixe uma resposta