Foguetes vão permitir viagens entre qualquer cidade do mundo

Elon Musk apresentou novidades em conferência na Austrália, na quinta-feira (28) (Foto: Reprodução/YouTube/SpaceX)

Elon Musk apresentou novidades em conferência na Austrália, na quinta-feira (28) (Foto: Reprodução/YouTube/SpaceX)

O empresário Elon Musk, dono da SpaceX, disse na quinta-feira (28) que foguetes produzidos ela empresa vão permitir viagens entre qualquer cidade do mundo em minutos. A promessa foi feita em conferência no International Astronautical Congress (IAC), na Austrália.

O trecho Nova York-Londres, por exemplo, poderia ser feito em apenas 29 minutos. Entre Hong Kong e Cingapura, em 22 minutos; e entre Los Angeles e Toronto, também em 22 minutos.

A SpaceX foi uma das empresas contratadas pela NASA para desenvolver naves que possam transportar astronautas até a Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). A Estação Espacial Internacional, um projeto que envolve 16 nações, tem residentes de forma contínua desde 2000.

Segundo Musk, as viagens mais rápidas na Terra seriam apenas uma decorrência dos esforços da SpaceX de desenvolver foguetes capazes de chegar a Marte.

“Se você pode construir um foguete capaz de ir a Marte, por que não usar essa mesma iniciativa para viajar de um lugar para outro na Terra?”, disse Musk.

Na conferência, o empreendedor disse ainda que planeja enviar pessoas para Marte em 2024. Para isso, apresentou um projeto especial de foguete: o BFR, que pesaria 4.400 toneladas e teria cerca de 31 motores.

As missões começariam em 2022, com duas viagens. Essas missões iriam encontrar a melhor fonte de água no planeta e instalar uma infraestrutura que servirá de suporte para outras missões. “Eu estou confiante que estaremos prontos para o lançamento em cinco anos. Cinco anos me parece um bom tempo”, disse.

A sincronização de Marte com a Terra acontece de dois em dois anos, disse Musk. “Então, a cada dois anos temos uma oportunidade de ir a Marte”, disse.

Depois de 2022, as próximas missões para Marte seriam em 2024, apontou Musk, ano em que a SpaceX enviaria quatro foguetes.

Fonte: G1 Turismo

Deixe uma resposta